O município de Ponte da Barca vai ter uma Casa do Conhecimento.

Criada há 10 anos pela Universidade do Minho, em parceria com municípios da região, a rede de Casas do Conhecimento está presente em 14 concelhos, onde se inclui o Largo do Paço, em Braga, o Campi de Gualtar, Azurém, Guimarães, Fafe, Boticas, Montalegre, Paredes de Coura, Trofa, Vieira do Minho e Vila Verde.

Ponte da Barca é membro efetivo desde 2014, mas, de acordo com o executivo, nunca teve oportunidade de, formalmente, constituir a Casa do Conhecimento.

Agora, o espaço pretende promover sinergias entre concelhos atuando como elemento dinamizador da Sociedade do Conhecimento, para além de combater a infoexclusão.

Na agenda está também a promoção de um trabalho conjunto dos 5 municípios que compoêm o Parque Nacional Peneda Gerês, como explica Augusto Marinho, presidente da câmara de Ponte da Barca, em declarações exclusivas à Barca Fm.

A Casa do Conhecimento vai ficar instalada na Biblioteca Municipal, um local que alia o saber à disponibilidade de espaço e meios técnicos e humanos.

A rede de Casas do Conhecimento tem como objetivo maior criar condições de atratividade territorial de pessoas e de empresas, numa lógica de promoção e exploração de fatores de proximidade.

Categorias: Noticias