Dois homens foram detidos em Arcos de Valdevez por posse, produção ilegal e comércio de produtos explosivos, e posse de armas ilegais.

As operações decorreram na manhã de ontem, segunda-feira, na localidade de Vaqueira, na freguesia de Miranda e apanhou de surpresa a população da aldeia.

Segundo avança O Minho, os dois homens, pai e filho, de 64 anos e 35 anos, foram detidos na sequência de duas buscas domiciliárias e cinco em armazéns, realizadas pela PSP de Viana do Castelo, em parceria com a Unidade Especial de Polícia e a GNR de Arcos de Valdevez.

As autoridades apreenderam milhares de explosivos, várias armas e munições.

Ainda segundo informações avançadas pelo jornal digital, o pai é operário da construção civil e o filho é agricultor e coveiro no cemitério da freguesia.

As operações iniciaram-se pelas 6h da manhã e decorreram ao longo de todo o dia.

Ainda de acordo com O Minho, e por questões de segurança, as autoridades optaram por fazer a explosão controlada dos explosivos, num antigo campo de futebol nas imediações da aldeia, a cerca de 2 quilómetros do local das apreensões, tendo sido acompanhada pelos bombeiros arcuenses.

A PSP deverá emitir em breve um comunicado com o balanço definitivo das operações.

Fotos -Jornal O Minho (Joaquim Gomes)

Categorias: Noticias