Hoje, no Dia Internacional da Mulher, a editora arcuense Contra Escrita lança a primeira obra de Neusa Veloso.

“Clarividência: das Profundezas e das Alturas” é um livro de poesia onde a autora escreve “ em verso livre prosaico, na linha modernista feminina, com uma visão quotidiana das vivências e reveladora de um certo ceticismo perante o mundo, desenvolvendo a melancolia e implementando um cunho religioso”.

A obra reúne “emoções da circunstância e do acaso” numa “poesia plena de impressões narrativas, memórias e subjetividades, proporcionando ao leitor o conhecimento do ambiente que a rodeia e que circunscreve o momento de escrita de cada um dos seus poemas”.

Neusa Veloso é natural de Ponte da Barca, onde nasceu a 20 de fevereiro de 1982 e é formada em Psicologia pela Universidade do Minho.

Ao longo da sua vida, a autora percorreu diversos cenários. Passou a sua pré-adolescência em Quarteira e viveu nas cidades de Perugia e Pádua, em Itália, onde estudou durante um ano.

Em 2010 escolheu Lyon, em França, como novo destino, onde reside e trabalha atualmente, na área de desenvolvimento social e local, e dá aulas de Português Língua Não Materna.

“Clarividência: das Profundezas e das Alturas” pode ser adquirido, diretamente, na editora Contra Escrita, através do site, e estará também disponível na livraria Centésima Página, em Braga, e nas diversas plataformas digitais de venda de livros a nível internacional.

MML

Categorias: Noticias